45 ANOS DE CHORO E SERESTA EM CURITIBA

ChoroeSeresta

A música curitibana está em festa: o Conjunto Choro e Seresta, que alegra as manhãs de domingo na feirinha do lado da ordem, comemora seu aniversário no próximo domingo dia 02/12, em uma Roda de Choro com a presença de diversos músicos locais. O grupo é considerado um cartão postal da capital paranaense. Em 1973, depois de assistir uma apresentação do Conjunto Choro e Seresta no Teatro Paiol, o prefeito de Curitiba Jaime Lerner convidou o grupo a se apresentar na “feirinha hippie”, na região histórica da cidade. Dede então, há 45 anos ininterruptos o grupo se apresenta na praça Garibaldi, ao lado do relógio das flores, no tradicional “chorinho da feira do largo da ordem”, evento que se tornou o ponto de encontro dos músicos e amantes do Choro na cidade.
O Choro, ou chorinho, é uma dos principais gêneros da música popular brasileira, reconhecido pelo requinte e dificuldade técnica, e que remete a nomes como Pixinguinha, Waldir Azevedo e Altamiro Carrilho. O conjunto Choro e Seresta é referência em Choro no Brasil, e também um dos mais antigos do gênero em atividade, reunindo 3 gerações de músicos.
O trabalho do grupo na valorização e perpetuação da música brasileira em Curitiba tem sido mundialmente reconhecido pelo público e por músicos de renome, além de já ter sido diversas vezes homenageado pela câmara de vereadores da cidade. João Luís Rodrigues, pandeirista do grupo, ressalta: “O Conjunto Choro e Seresta busca promover a cultura do Choro em Curitiba, através da integração com a comunidade e da divulgação e transmissão desse gênero, e da sua produção local.”
Fundado pelo flautista Alvino Carbonar Tortato e pelo cavaquinista Moacyr de Azevedo (último remanescente da primeira geração), o grupo está atualmente na terceira geração de uma linhagem de chorões, formado pelos músicos: Joãozinho do Pandeiro, Daniel Miranda no Clarinete e Sax Alto, Clayton Silva na Flauta e Sax Tenor, Lucas Melo no Violão 7 Cordas e Lucas Miranda no Cavaquinho.
Ao longo da história, muitos músicos passaram pelo palco do choro da feirinha. Para citar apenas alguns, além de importantes artistas locais como Janguito do Rosário, Zé Pequeno, Aderly Santi, Cláudio Menandro, Zélia Brandão, Sergio Albach entre outros, o grupo recebeu várias “lendas” da música brasileira, tais como: Jorginho do Pandeiro, Zé da Velha, Toninho Carrasqueira, Ronaldo do Bandolim, Rogério Caetano, Dirceu Leite, João Macacão, entre muitos outros.
Julião Boêmio, músico renomado e professor do Conservatório de MPB de Curitiba, salienta: “O Choro e Seresta é lendário na história da música curitibana, é o principal grupo de Choro da cidade. A importância desse grupo é incalculável, tanto que vem atravessando gerações.” Segundo Cláudio Fernandes, pesquisador do grupo de etnomusicologia da UFPR, o Conjunto Choro e Seresta  vem realizando um trabalho contínuo que privilegia a música curitibana como um todo, incentivando a produção musical e a apreciação da população, reforçando e fortalecendo uma identidade cultural própria da Cidade.

Serviço:

Aniversário de 45 anos do Conjunto Choro e Seresta
Local: Palco do Choro da Feira do Largo da Ordem
Data: Domingo 02/12
Hora: 10:30
Gratuito
 

Anterior A VOZ DA VEZ - EXIBIDO EM 27/11/2018
Próximo Terceira Via - 27/11/2018

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *