Athlético goleia o Londrina por 4 a 1 e se mantem líder do estadual

Athlético, Londrina, Campeonato Paranaense, Campeonato paranaense 2020

Eduardo Bernardes/Cultura 930

*escrito por Alex Machado

O Athlético goleou o Londrina por 4 a 1, nesse sábado (25), na Arena da Baixada, jogo válido pela 3° rodada do Campeonato Paranaense, o resultado mantém o Furacão na liderança da competição e agora é o único time com 100% de aproveitamento. Os gols saíram todos no segundo tempo, Léo Gomes, Breno Lopes, Pedrinho e Jajá marcaram pelos donos da casa e Marcelinho marcou pelo Tubarão.

 

A partida começou bastante movimentada e com muitos erros de passes de ambas as equipes, o Athletico tentava impor o jogo, porém não encontrava espaço na defesa Alviceleste dando chances de contra ataque, tanto que o primeiro lance de perigo foi aos 5 em chute de Danilo que foi para fora.

 

O Furacão conseguia trocar passes e até ter o domínio da partida, porém com dificuldades para infiltrar. Pedrinho era o destaque do time.

Albari Rosa

A primeira oportunidade atleticana aconteceu aos 23, quando Denner chutou rasteiro de fora da área e o goleiro defendeu. Ainda na primeira etapa o Tubarão teve a chance de abrir o placar em cobrança de pênalti, a qual Muller fez a cobrança e Anderson fez a defesa.

O segundo tempo se iniciou e logo no primeiro minuto o Athlético conseguiu abrir o placar, em cobrança de escanteio Leo Gomes subiu alto e de cabeça mandou pra rede.

 

Em desvantagem, o Londrina foi pra cima e adiantou a sua marcação e aos 23 Marcelinho se aproveitou da bobeira na defesa, driblou o goleiro Anderson e empatou  a partida.

 

Mal deu tempo do time da casa sentir o empate,  pois no minuto seguinte, Breno Lopes recebeu o passe em profundidade e colocou novamente o Furacão em vantagem.

 

Com espaço, o time mandante começou a ter mais facilidade para criar jogadas e aos 32, Pedrinho chutou da entrada as área e ampliou a vantagem. Nos acréscimos, após substituir o destaque da partida, que foi o próprio Pedrinho , Jajá entrou e marcou o quarto gol do Furacão,  dando números finais a partida.