Debate sobre drogas e violência acontece nesta sexta-feira, em Curitiba


O debate sobre drogas e segurança pública é um dos temas que mais afligem a sociedade brasileira atualmente. O país discutiu intensamente o assunto durante a campanha presidencial colocando em destaque as contradições sobre as políticas de segurança pública relativas ao combate às drogas. A descriminalização é uma das alternativas defendidas por especialistas de diversas áreas para o problema.
Para debater estas e outras questões relacionadas às drogas o Mandato Goura realiza, nesta sexta-feira (30), a partir das 9 horas, no Teatro Guairinha (Rua XV de Novembro, 971), o evento “Ilegal: debate público sobre drogas e segurança pública”, com a participação de diversos especialistas sobre o assunto. A iniciativa tem o apoio da UFPR, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Paraná e do Abra a Gaveta.
“É consenso que estas políticas são um retumbante fracasso, não só no Brasil, mas no mundo, segundo inúmeros estudos científicos e são questionadas por organismos internacionais como a ONU. No Brasil, o modelo de guerra às drogas resultou em um genocídio e prisões em massa. O modelo policial-repressivo com foco no punitivismo precisa ser repensado”, afirma o vereador, e deputado estadual eleito, Goura.
Segundo ele, o atual modelo repressivo alçou o país ao sétimo lugar entre os que mais matam e à terceira população prisional do mundo. “A guerra às drogas no Brasil mata 40 mil jovens ao ano, e em sua maioria, jovens negros. Os dados têm mostrado que a proibição está na base dos muitos problemas de segurança pública enfrentados pela sociedade brasileira. A atual política de drogas brasileira é em grande parte responsável pelo alto índice de encarceramento no país”, diz.

 

ILEGAL – DEBATE SOBRE SEGURANÇA E DROGAS
O evento contará com a participação dos seguintes debatedores, que contarão as suas experiências na área e farão sugestões para o enfrentamento do problema:

– Luiz Eduardo Soares – Antropólogo; especialista em segurança pública; autor do livro “Elite da Tropa”.
– Eduardo Suplicy – Economista; professor; ex-senador; vereador de São Paulo pelo PT-SP.
– Alexandre Salomão – Advogado; presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-PR.
– Brinsan Ferreira N’tchalá – Estudante; artista multicultural; militante do movimento negro e feminista.
– Renato Freitas – Mestre em direito; professor; militante do movimento negro e por moradia.
– Goura – Mestre em filosofia; professor de ioga; vereador de Curitiba, eleito deputado estadual pelo PDT-PR.

Anterior ESTADO CRÍTICO - EXIBIDO EM 29/11/2018
Próximo Terceira Via - 29/11/2018

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *