Dica da EMA – Manchester à Beira-Mar

DicadaEma

OUÇA:

LEIA:

Manchester à Beira-Mar estreou no festival de Sundance, em 2016, tendo os direitos de distribuição sido adquiridos pela AmazonStudios, uma concorrente do Netflix em território americano. A obra foi um sucesso de crítica instantâneo, tornando-se o primeiro longa-metragem distribuído por um serviço de streaming a ser nomeado para o Oscar de melhor filme.

Lee Chandler, um zelador introvertido e violento de um prédio nos subúrbios de Boston, precisa voltar à sua cidade natal, Manchester à Beira-Mar, devido ao falecimento do irmão. Lá, é informado que o enterro seria impossível devido ao solo congelado, sendo necessário esperar alguns meses até a primavera. Cabe também a Lee a guarda de seu sobrinho adolescente, Patrick. Forçado a permanecer em uma cidade carregada de um passado trágico, o zelador terá uma chance de reconciliar-se consigo mesmo.

Diversos aspectos de Manchester à Beira-Mar receberam destaque na imprensa especializada. O primeiro deles é a performance de Casey Affleck, que interpreta com maestria a difícil mistura de culpa, raiva e tristeza por trás de um personagem estoico na superfície. A performance rendeu-lhe o Oscar de melhor ator. Também houve destaque para o final lacônico, uma lufada de ar fresco para uma escola viciada em mocinhos, bandidos e felizes-para-sempre. Sobre isso, não se pode dizer que o enredo seja inconclusivo ou aberto, há apenas uma sensação de continuidade e indiferença.Os cães ladram e a caravana passa, parece dizer. Lee, cuja vida é pautada pela culpa, encontra uma chance de redenção através do amor ao seu sobrinho. Seria esse o caminho óbvio: a vivacidade e estupidez do adolescente ressuscitando o amor à vida no coração do tio amargurado. A mensagem do diretor Kenneth Lonergan, no entanto, é justamente o oposto: alguns traumas são fortes demais para serem superados.

Anterior MPB.COM DAIO - COM ITAÉRCIO ROCHA - EXIBIDO EM 05/11/2018
Próximo “Borboletas Aladas” na mostra de Luiz Arthur Montes Ribeiro

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *