Dr. Skrotone e a Máfia do Ska: banda paranaense lança grande álbum de ska!


Ska é um som dançante. Da Jamaica para o mundo. No Brasil, o Paralamas do Sucesso, lá dos anos 80, é a principal referência. Mas de lá pra cá muita água já rolou e hoje quem bota a galera pra dançar é a banda Dr. Skrotone e a Máfia do Ska.

Nascida em 2008, em Ponta Grossa, no Paraná, a “Máfia do Ska”, lançou seu primeiro CD físico em março. São oito faixas de puro ska. Um disco redondo. Maduro. O entrosamento de anos de shows é refletido na qualidade do trabalho.

O disco homônimo abre com a música “Ska ska ska”. Um som perfeito para quem quer conhecer um pouco da história do gênero. Jamaica, Inglaterra e mundo: “união total”, parafraseando Dr. Skrotone.

As referências ao dia a dia da classe trabalhadora também estão presentes. “Depois de trinta dias de estresse e trabalho / muito imposto descontado, pra pouco salário” – trecho da música “30 dias”.

Essa pegada mais cotidiano nas letras, aliada ao ska punk (a lá The Specials e Rancid) colocam esse disco da banda paranaense como um dos mais importantes lançamentos do estilo no ano.

Sem dúvida um grande registro da música paranaense. E digo mais! Com “marijuana, cigarrinho, cuba e uma sinuca”, como a própria ‘Máfia’ canta, não tem erro. Aliás, antes que me perguntem uma definição: “somos brasileiros misturados com o mundo inteiro” (música: “Somos Brasileiros” – faixa: 02).

 

Ficha

Dr. Skrotone e a Máfia do Ska: Danilo (bateria), Elson (sax alto), Felipe (guitarra), Gabriel (baixo), Juninho (vocal), Balta (sax barítono), Larissa (teclado) e Willian (trompete).

 

Contato:[email protected]

facebook.com/amafia.ska/