Episódio 11 – Adoção Ilegal


Por que a sociedade brasileira possui resistência em reconhecer este crime como uma finalidade do tráfico de pessoas?

Isabella dos Santos– Militante pelos direitos por identidade de pessoas adotadas ilegalmente. Sobrevivente do tráfico de pessoas. Formada em letras e cinema pela universidade da Nouvelle Sorbonne. Nascida em São Paulo, foi vítima de tráfico de pessoas para adoção ilegal em 1987. Retornou ao Brasil, em 2012, para investigar a própria história. Após muitas pesquisas acabou desvendado uma quadrilha de traficantes de crianças de São Paulo ativa nos 80 e 90. Seu caso foi investigado pela CPI do Tráfico de Pessoas, em 2014, e influenciou a mudança da lei para que a adoção ilegal seja reconhecida como tráfico de pessoas

Paulo Fadigas- Juiz da Infância e da Juventude Titular do Setor Anexo de Atendimento de Crianças e Adolescentes Solicitantes de Refúgio e Vítimas Estrangeiras de Tráfico Internacional de Pessoas. É referência no país na defesa dos direitos de crianças migrantes.

Dalila Figueiredo– Presidente da Asbrad, advogada e ativista dos Direitos Humanos

Mediadora: Graziella Rocha- Dra. em Política Social pela UFF. Pesquisadora e coordenadora do projeto Liberdade no Ar/MPT pela Asbrad. 

https://www.facebook.com/watch/?v=2621660301434548