Exposição da Gibiteca de Curitiba concorre ao “Oscar Brasileiro” dos quadrinhos


A Gibiteca, espaço mantido pela Fundação Cultural de Curitiba, foi indicada ao troféu HQMIX, a maior premiação nacional dos quadrinhos e concorre na categoria Melhor Exposição.

A exposição indicada ao prêmio é a Punk Afonso, que ficou em cartaz entre novembro de 2020 e julho de 2021, para homenagear o artista Rodrigo Belato (autor do personagem Punk Afonso), que morreu em junho de 2020.

Punk Afonso, também exposta virtualmente na 6ª Bienal de Quadrinhos de Curitiba, foi uma releitura organizada pela Gibiteca e feita por 21 artistas sobre o personagem publicado por Rodrigo Belato durante mais de três décadas.

“Essa indicação ao Oscar brasileiro dos quadrinhos vem com dose dupla de alegria, tanto pela nossa Gibiteca como pelo Rodrigo”, comemora Fulvio Pacheco, coordenador da Gibiteca de Curitiba.

A edição 2021 do HQMIX tem 26 categorias. A Gibiteca de Curitiba concorre ao prêmio de melhor Exposição junto com outros quatro indicados, um deles a Bienal de Quadrinhos de Curitiba com a mesma exposição (Punk Afonso). O resultado será anunciado em 27 de novembro.

Punk Afonso, a exposição que rendeu a indicação de Curitiba conta com trabalhos dos artistas: Amanda Barros, Andrea Horn, Antônio Eder, Ariel da Cunha, Celina Pacheco, Christiano Carstensen Neto, Daniel Gonçalves, Dias Silveira, Ganço, Edson Kohatsu, Fabrizio Andriani, Gabriel Baltazar Souza, Luri Kohatsu, Marcelo Bitencourt, Marcia d´Haese, Marcelo Lopes, Marcos Vaz, Ma Matiazi, Rodney Rauth e Thiago Sales e o próprio Fulvio Pacheco, que também é quadrinista.

Foto: Divulgação/SMCS
Fonte: bemparaná