Humilhação! Copagril vence São José dos Pinhais por 10×1 na maior goleada do Campeonato Paranaense em 2019

Futsal, Paranaense de Futsal, Série Ouro, Copagril/Marechal Cândido Rondon, São José dos Pinhais Futsal

Goleada Histórica no Ney Braga (divulgação/SJP Futsal)
Goleada Histórica no Ney Braga (Divulgação/SJP Futsal)

Quando o cronômetro zerou no primeiro tempo, o placar do ginásio Ney Braga mostrava um sonoro 7×0 a favor da Copagril/Marechal Cândido Rondon, já empatada com a pior goleada da Série Ouro. Isso tudo apenas três dias depois do jogo em que o São José dos Pinhais tinha feito duro confronto diante do Foz Cataratas, atual campeão paranaense. Não teve jeito. Terminou em 10×1. Nem o São Lucas de Paranavaí, pior time da competição, foi tão humilhado em sua própria casa ou fora.

 

O cartão de visitas foi apresentado logo no primeiro minuto. Grilo roubou na quadra defensiva, partiu para o contra-ataque e mandou para a defesa do goleiro Abner. Dois minutos depois, cobrança errada de lateral e Vilela dominou na cara do gol, já sem goleiro, quando Luan salvou o time são-joseense. O primeiro saiu em troca de passes entre Grilo e Vilela. Grilo recebeu a bola e bateu na gaveta, fazendo 1 a 0.

 

Mal deu tempo de respirar e o segundo rondonense saiu com Vilela, novamente em cobrança de lateral, com chute rasteiro do pivô. A Copagril chegou a acertar a trave, antes do terceiro faltando 11 minutos para o fim, marcado por Suelton; Abner passou errado, Felipe Melo roubou e lançou para o autor do gol. Na sequência, o próprio Felipe Melo recebeu inversão de bola de Biel para abrir 4×0, em mais uma roubada de bola.

 

Suelton passou para Vilela marcar seu segundo, o quinto dos rondonenses. O Tricolor estava sendo massacrado. Em roubada de bola, de novo, Felipe Melo mandou para Suelton fazer 6×0. Pixote marcou o sétimo aos 16 minutos. Para alívio do São José dos Pinhais, o passeio da primeira etapa acabou.

Murilo fez o gol de honra dos são-joseenses (divulgação/SJP Futsal)
Murilo fez o gol de honra dos são-joseenses (Divulgação/Copagril Futsal)

Vilela estava impossível. Recebeu bola de Pixote já com 19 para o término da partida para ampliar o marcador. Ele quase marcou o nono em seguida, mas foi parado por Abner. Finalmente, o São José dos Pinhais marcou. Murilo antecipou o passe de Felipe Melo e diminuiu a goleada, fazendo seu 15º gol e se tornando um dos artilheiros do campeonato.

 

Mas a reação parou por aí. Suelton fez 9×1, e Inácio fechou o placar em cobrança de tiro livre com 18 minutos de jogo.

 

Com o resultado histórico, o Tricolor estaciona na 10ª posição, com 14 pontos, um na frente do Palmas, que ainda tem três jogos por fazer. Já  o Marechal Cândido Rondon sobe para 2º, com 37.

 

Agora, a Copagril viaja para Matelândia para enfrentar o Aymoré Futsal, nesse sábado, enquanto o São José dos Pinhais vai a Cascavel enfrentar o Cascavel Futsal próxima segunda (5).