IMP – INVESTIGAÇÃO DO MOVIMENTO PARTICULAR – Mostra Gratuita


Projeto completa 14 anos com mostra pública remota, o LAB_16, dos artistas residentes 20/21, com entrada franca.
Nos dias 9 e 10 de julho de 2021, acontece o LAB_16 – Mostra de compartilhamento de processos criativos do IMP – núcleo de investigação do movimento particular. Durante dois dias, em sessões duplas, serão apresentados 8 trabalhos de dança dos artistas residentes do programa 20/21.

A mostra acontece integralmente de modo on-line, com ingressos gratuitos via sympla.com.br/movimentoparticular.
No dia 9, também acontecerá o lançamento do site/mural virtual, uma publicação on-line dos registros processuais gerados pelos residentes 20/21,  organizados por Gabriel Machado.

A 9ª edição do projeto teve início em abril de 2020 com o processo de seleção dos artistas residentes: Ádia Anselmi, Bia Figueiredo, Cadu Cinelli, Camila Cequinel, Eraldo Alves, Greice Barros, Leonardo Taques e Naiara Parolin Bastos. Com orientação de Juliana Adur, Gabriel Machado e Maíra Lour, o resultado do processo de pesquisa dos 8 artistas se torna público no LAB_16.

Neste ano, o núcleo de pesquisa em dança IMP – Investigação do Movimento Particular completa 14 anos. Ao longo destes anos passaram pelo projeto mais de 50 artistas residentes e foram realizados 15 LAB_s (mostras de compartilhamento dos processos criativos), oficinas, residências, entre outras ações. Sob a coordenação da bailarina pesquisadora Juliana Adur o IMP se caracteriza como um espaço de formação, troca e investigação artística na cidade de Curitiba. Uma construção de saberes através da experiência com o corpo e o movimento. Uma construção coletiva de interesses a afetos acolhendo as singularidades de cada corpo, cada pulsar, cada existir. Trata-se de afinar os anseios e criar um espaço/tempo para que eles ganhem forma. Movimento contínuo de formação e criação, que está sempre atualizando e se transformando.

Nesta edição, o projeto aconteceu inteiramente de modo remoto. Um projeto que acontece a partir de encontro, presença e trocas presenciais teve que se reinventar a partir do contexto pandêmico. O desafio dos artistas foi atualizar os formatos, desautomatizar os movimentos e buscar novos ares para a formação deste núcleo. Foi assim que esta edição do IMP se desenhou, com olhares em frames, com quedas de conexões, com corpos recortados por quadradinhos, mas que transbordavam para além dos limites da tela em movimento e vontade de dançar.

Ao longo de 15 meses de encontros remotos, os artistas se debruçaram na produção de escritas, participaram de oficinas, orientações, interlocuções e mostras de processos. Uma edição feita de experiências e experimentos.

Projeto realizado com recursos do Programa de Apoio de incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e da Prefeitura Municipal de Curitiba com incentivo da EBANX.


Leonardo Taques. Foto: Ian Maenfeld

FICHA TÉCNICA – IMP 20/21 – 9ª edição
Juliana Adur – Idealização | Orientação geral | Coordenação de projeto
Gabriel Machado – Orientação | Ministrante de oficina e provocações de escrita/registro de processo
Maíra Lour – Ministrante de oficina | Orientação
Janaina Matter – Ministrante de oficina
Tuca Pinheiro – Ministrante de oficina | Provocações artísticas
Gladis dos Santos – Ministrante de oficina
Lívea Castro – Ministrante de oficina | Consultoria de vídeo
Cintia Napoli – Interlocução
Viviane Mortean – Interlocução
Fernando de Proença – Produção textual/Ensaio | Assessoria de imprensa e social mídia
Fernanda Pompermayer – Fotografia e identidade visual
Julia Brasil – Projeto gráfico
Cindy Napoli – Direção de produção | Coordenação de projeto

Site/mural virtual
Gabriel Machado – Organização, design e programação
Thalita Sejanes – Design e programação

SERVIÇO:
LAB_16 – Mostra de compartilhamento dos processos criativos
IMP 9ª edição 20/21

Dias 09 e 10 de julho de 2021 – sexta e sábado às 20h e às 21h
Entrada franca – retire seu ingresso: https://www.sympla.com.br/produtor/movimentoparticular
*Classificação indicativa: 16 anos

09/07 – sexta-feira
20h: 

era para ser João – de Cadu Cinelli
Noturno – de Ádia Anselmi
21h: 
cair para dentro – de Naiara Parolin Bastos
RAIZ (movimentoum) – de Greice Barros

10/07 – sábado
20h:

Disparando mundos – de Bia Figueiredo
Avesso do céu – de Eraldo Alves
21h: 
Q.h habito MOV. I, II, III – de Leonardo Taques
Sala de Jantar – de Camila Cequinel

ACOMPANHE O PROJETO:
www.movimentoparticular.com
Instagram: movimentoparticular
Facebook: movimento particular

Imagem de Capa: Naiara Parolin Bastos
foto: Igor Ribeiro