Mostra com filmes de Karim Aïnouz no Sesi São José dos Pinhais


O Abismo Prateado (2013)

Confira programação gratuita do Cineclube Sesi para todo mês de março

 

O Cineclube Sesi oferece, durante o mês de março, uma curadoria de filmes de Karim Aïnouz, roteirista, diretor de cinema e artista visual brasileiro. A mostra contempla quatro de suas principais produções, que serão exibidas no Teatro Sesi São José dos Pinhais, a partir do dia 6, com sessões gratuitas e seguidas de bate-papo.

Em seus filmes, Karim costuma trabalhar com personagens que estão de passagem por algum lugar, por isso ficou conhecido por ser o cineasta da fronteira e do fluxo. De acordo com o jornalista e crítico de cinema, Luiz Gustavo Vilela, esta característica nada mais é que um reflexo da vida do próprio Karim Aïnouz, nascido em Fortaleza, no Ceará, mas criado entre a Europa e os Estados Unidos. “O espaço transitório e os personagens em movimento marcam, sem nunca definir, um cinema híbrido, mais brasileiro impossível”, completa.

Vilela participa como curador do Cineclube Sesi há dois anos e, no ano passado, iniciou a seleção de diretores contemporâneos, ainda vivos, e com uma carreira já estabelecida no mercado, a fim de priorizar a diversidade geográfica e étnica. “É um desafio tremendo, pois devem ser cineastas com pelo menos quatro filmes, mas que sejam também palatáveis ao público, algo entre o entretenimento puro e simples e o cinema de arte”, explica o jornalista.

O projeto Cineclube Sesi é uma iniciativa do Sesi Cultura Paraná e, desde 2014, vem fomentando a exibição de produções cinematográficas nacionais e internacionais em seus equipamentos. Em 2016, o Teatro Sesi São José dos Pinhais deu sequência a uma nova fase do projeto. “Nosso objetivo é promover o acesso ao público a grandes nomes do cinema contemporâneo, com o formato de exibição e bate-papo. Acreditamos que a linguagem do cinema, sendo tão rica em formação e informação, tem que ser exibida e comentada, pois este relato histórico e cultural transmitido por meio de som e imagens tem muito a nos acrescentar”, finaliza Fulton Azevedo, responsável técnico do Teatro Sesi São José dos Pinhais.

Cineclube + Bate-papo

Com a proposta de ver, discutir e refletir sobre o cinema, os cineclubes surgiram originalmente com o objetivo de formar repertório, já que os cinemas tinham pouco espaço para exibições de clássicos ou filmes independentes. O bate-papo do Cineclube Sesi é um momento para discutir o que acabamos de ver na tela, sendo este o ponto principal de um cineclube. A ideia é promover uma reconciliação, do que se considera uma das muitas contradições internas do cinema, que é a experiência individual que só se justifica, social e financeiramente, quando consumida em conjunto”, finaliza.

 

CRONOGRAMA CINECLUBE SESI – KARIM AÏNOUZ:

06/03 – O Céu de Suely (2006, 88 min)

Hermila (Hermila Guedes) é uma jovem de 21 anos que está de volta à sua cidade natal, a pequena Iguatu, localizada no interior do Ceará. Ela retorna com seu filho, Mateuzinho, e aguarda algumas semanas a chegada de Mateus, pai da criança, que ficou em São Paulo para acertar assuntos pendentes. Porém, o tempo passa e ele simplesmente desaparece. Querendo deixar o lugar de qualquer forma, Hermila tem uma ideia inusitada: rifar seu próprio corpo para conseguir dinheiro suficiente para comprar passagens de ônibus para longe e iniciar uma nova vida.

Data: 06/03

Horário: 19h (duração: 88 minutos)

Valor: gratuito

Classificação indicativa: 16 anos

Local: Teatro Sesi de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: sujeito a lotação

 

13/03 – Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo (2010, 76 min)

José Renato (Irandhir Santos), geólogo, 35 anos, foi enviado para realizar uma pesquisa de campo a qual terá que atravessar o sertão nordestino – região semi desértica, situada no Nordeste do Brasil. A missão de sua pesquisa é avaliar o possível percurso de um canal que será construído, desviando as águas do único rio caudaloso da região. Durante a viagem, percebe-se que há algo comum entre o protagonista José Renato e os lugares por onde ele passa. Desde o vazio a uma sensação de abandono e isolamento. Ele decide seguir viagem, na esperança que a travessia transforme seus sentimentos.

Data: 13/03

Horário: 19h (duração: 76 minutos)

Valor: gratuito

Classificação indicativa: 14 anos

Local: Teatro SESI de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: sujeito a lotação

 

20/03 – O Abismo Prateado (2013, 83 min)

Violeta (Alessandra Negrini) é uma dentista e tem um filho adolescente (João Vitor da Silva) com Djalma (Otto Jr.), com quem é casada há 14 anos. Ela havia acabado de se mudar para um apartamento em Copacabana, e após uma pausa na sua clínica ela encontra uma mensagem na secretária do celular de seu marido, dizendo que está lhe deixando e irá morar em Porto Alegre, após 14 anos de casados. A história é inspirada na canção “Olhos nos Olhos”, de Chico Buarque.

Data: 20/03

Horário: 19h (duração: 83 minutos)

Valor: gratuito

Classificação indicativa: 14 anos

Local: Teatro SESI de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: sujeito a lotação

 

27/03 – Praia do Futuro (2014, 116 min)

Wagner Moura interpreta um salva-vidas (Donato) que trabalha na Praia do Futuro, em Fortaleza. Ao fracassar pela primeira vez em um resgate, ele acaba conhecendo o alemão Konrad (Clemens Schick), amigo da vítima. Motivado pelas circunstâncias, Donato resolve recomeçar a sua vida em Berlim, deixando para trás a família e o passado. Anos mais tarde, Ayrton (Jesuíta Barbosa), o irmão mais novo de Donato, embarca para a Europa em busca do irmão, que considerava ser seu herói.

Data: 27/03

Horário: 19h (duração: 106 minutos)

Valor: gratuito

Classificação indicativa: 14 anos

Local: Teatro SESI de São José dos Pinhais

Endereço: Rua Quinze de Novembro, 1800 – Centro

Observação: sujeito a lotação

 

Mais informações:

http://www.sesipr.com.br/cultura/
https://www.facebook.com/sesiculturapr/

 

Fonte: assessoria

Foto: divulgação

 

Anterior Inclusão social, brincadeiras e shows. Conheça o Guritiba
Próximo Claymore abre quarta com “Rock do Bem” em prol das vítimas da enchente

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *