OFICINA DE ANÁLISE E CRIAÇÃO LITERÁRIA SERÁ OFERTADA GRATUITAMENTE  


Em formato on-line, os participantes serão convidados a descobrir linguagens híbridas que podem ser criadas na literatura

Uma oficina pensada para despertar o interesse pelas diferentes linguagens que são possíveis agregar à literatura. Elaborado pelo escritor, editor e professor Paulo Sandrini e pelo artista sonoro Marcelo Bressanin, “Ler, interpretar, escrever, sonorizar: oficina de análise e criação literária” é um projeto interativo voltado às questões de leitura, análise e produção de textos literários (formação de escritores) no gênero ‘conto’, e aos processos de ativação da escuta e de interpretação sonora dos textos literários. Também é objetivo que os participantes produzam materiais por meio da criação de peças sonoras de curta duração e de livre formato (musicais, abstratos, com ou sem vocalização).

Inicialmente, os encontros foram propostos para acontecer presencialmente, mas, devido à pandemia da Covid-19, que tem como premissa básica a não aglomeração de pessoas como forma de evitar o contágio, o formato foi alterado para ser realizado on-line, através da plataforma Google Meet. Serão ofertadas 30 vagas gratuitas – para pessoas acima de 18 anos e residentes em Curitiba – que participarão dos dois módulos: 1) oficina de análise e criação e 2) oficina de criação sonora.

Para ambas as oficinas não é necessário ser escritor ou músico, mas sim, demonstrar interesse nos processos de leitura, análise e criação, bem como na interface entre literatura e outras linguagens. As oficinas acontecerão 1 vez por semana e cada módulo terá 12 encontros, totalizando 24 ao longo de seis meses, numa carga que ocupará 48 horas. Todos os participantes receberão certificados mediante 80% de frequência em todo o projeto.

Além das oficinas, o projeto terá, ao final, como forma de registro e ampliação do acesso e alcance, a publicação dos resultados em livro (para os contos), e no blog do projeto e Youtube (para as peças sonoras). Contudo, a publicação em livro e plataformas digitais só ocorrerá mediante avaliação do Grupo de Avaliação do Produto Literário, com vistas a garantir a qualidade da produção.

As inscrições vão de 10 a 20 de abril através do link https://escreversonorizar.wordpress.com/. Para concorrer a uma das 30 vagas, o participante deverá inserir na ficha de inscrição um texto narrativo sobre qualquer assunto, que será enviado para avaliação e seleção. O resultado dos selecionados será comunicado por e-mail e também através do link acima. Outro canal de comunicação será a página no Facebook: https://www.facebook.com/Oficina-EscreverSonorizar-105521848315373/ onde estarão disponibilizadas informações atualizadas periodicamente. Os encontros terão início no mês de maio e, ao final da oficina, a produção dos participantes virá registrada em um livro, como forma de fortalecer o legado do projeto.

“Ler, interpretar, escrever, sonorizar: oficina de análise e criação literária” é um projeto realizado com recursos do Programa de Apoio de Incentivo à Cultura – Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura Municipal de Curitiba e com o incentivo da Cibraco Imóveis, Kronberg Leilões, Baggio Imóveis.