Pela primeira vez na cidade, o grupo Choro pra Cinco faz shows durante a 36ª Oficina de Música de Curitiba

Show;Choro;OficinadeMusica;

O grupo de choro brasiliense apresenta o álbum “Caminho dos Ventos” no dia 25 de janeiro ao 12h30 no Teatro da Caixa como parte da programação da 36ª Oficina de Música de Curitiba e no mesmo dia às 19h30 no Bar A Caiçara

 

O Grupo Choro pra Cinco, composto por Thanise Silva (flauta), George Costa (violão), Vinícius Magalhães (violão 7 cordas), Pedro Silva (cavaquinho) e Gabriel Carneiro (pandeiro), vem à Curitiba durante a 36ª Oficina de Música com o show de lançamento do álbum “Caminho dos Ventos”. O grupo brasiliense se apresenta no dia 25 de janeiro (sexta-feira) ao 12h30 no Teatro da Caixa e no mesmo dia às 19h30, no Bar Caiçara, no Largo da Ordem. Os ingressos no Teatro da Caixa custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada) e no bar A Caiçara, o couvert da casa.

Tradição em janeiro na cidade, a Oficina de Música de Curitiba reúne renomados músicos e artistas de todos os cantos do país e do mundo entre os dias 16 e 27 de janeiro, com uma vasta programação de cursos e espetáculos. E o choro, que pode ser considerado como a primeira música urbana tipicamente brasileira e um dos gêneros mais prestigiados da música popular nacional, é uma das estrelas da Oficina.

Formado em Brasília em 2012, o Grupo Choro pra Cinco privilegia a estética tradicional do gênero musical em sua formação instrumental: flauta, violão, violão 7 cordas, cavaquinho e pandeiro. E inova na escolha das músicas: composições autorais e obras de recentes compositores de Brasília, que contribuem para a construção de uma identidade do gênero do choro na capital federal, bem como resultam em uma música fresca e cheia de originalidade.

 

E é depois de uma turnê de lançamento do álbum que passou pela Alemanha, Bélgica, Suíça e França, além de destinos nacionais como Brasília e Recife, que os amantes do choro em Curitiba terão a oportunidade de conhecer a música do grupo nesses dois shows, que acontecem no dia 25 de janeiro, confira o serviço completo abaixo:

 

Serviço:
1. Show do Grupo Choro pra Cinco na 36ª Oficina de Música de Curitiba
Lançamento do Álbum “Caminho dos Ventos”
Data: 25 de janeiro de 2019
Horário: 12h30
Local: Teatro da Caixa – Rua Conselheiro Laurindo, 280, Centro, Curitiba-PR
Ingressos na Bilheteria da Caixa: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada).

 

  1. Show do Grupo Choro pra Cinco n’A Caiçara Bar, no circuito off da 36ª Oficina de Música de Curitiba
    Lançamento do Álbum “Caminho dos Ventos”
    Data: 25 de janeiro de 2019
    Horário: 19h30
    Local: A Caiçara Bar – Dr. Claudino dos Santos, 90, Largo da Ordem, Curitiba-PR.
    Ingressos: Couvert da casa

 

Álbum “Caminho dos ventos”
– Âncora – George Costa
– Choro pra Cinco – Rogério Caetano
– Coladinho – Alencar 7 Cordas
– Sutil – Hamilton Costa e Sebastião Tapajós
– Pergunta pra Rafa – Vinícius Magalhães
– Antes que eu me esqueça – George Costa e Vinícius Magalhães
– Comendo Sagú – Leo Benon
– Pela Sombra – Thanise Silva
– Valsa sem final – Jaime Ernest Dias
– É nessa que eu vou – Rafael dos Anjos

 

Assista a videos do Grupo Choro pra Cinco:
Pela Sombra: https://youtu.be/-dxOeQzGDhY
Âncora: https://youtu.be/KyRy6mGnHgc

 

Escute o álbum nas plataformas digitais:
SPOTIFY: https://spoti.fi/2ie2MTp
DEEZER: https://bit.ly/2R1qkgF
GOOGLE PLAY: https://bit.ly/2AorUP5
iTUNES: https://apple.co/2CKt2OC

 

Sobre o Grupo:
O Grupo Choro pra Cinco se formou em Brasília, em 2012, por Thanise Silva (flauta), George Costa (violão), Vinícius Magalhães (violão 7 cordas), Pedro Silva (cavaquinho) e Gabriel Carneiro (pandeiro). Seus integrantes têm extensa carreira na área musical, mesclando experiências e formações diferentes. Em outras palavras, cada um dos integrantes foi agente de uma formação distinta, mas todos trazem consigo um traço em comum: o interesse pelo choro. O compromisso de poder ousar e inovar sem se distanciar de registros sonoros anteriores é o que move o grupo.

Sobre a Oficina de Música
Com uma programação multicultural composta por mais de 250 eventos, Curitiba se aquece para a 36ª da Oficina de Música, promovida pela Prefeitura por meio da Fundação Cultural de Curitiba de 16 a 27 de janeiro. Como na edição passada, as duas vertentes, Erudita e Popular, ocorrerão simultaneamente. O público poderá assistir a concertos, shows, filmes e também participar, no pátio da Capela Santa Maria, de oficinas de culinária e jardinagem sustentável, e da feira Jazztronômica, um dos sucessos da edição passada.
A programação de 12 dias da Oficina promete agradar diferentes públicos. “Tentamos abranger o maior número de gêneros da música, respeitando também a vocação de cada espaço que abrigará os shows”, comentou Janete Andrade, coordenadora geral da Oficina de Música de Curitiba. “Teremos desde rap na praça até música caipira, fandango, chorinho, serão várias oportunidades de ver esse caldeirão musical espalhado pela cidade.”
Na abertura, a mistura do erudito com o popular vai homenagear o músico Waltel Branco, falecido em 28 de novembro. O concerto do dia 16 une o bandolinista carioca Hamilton de Holanda com três grandes grupos da cidade: Camerata Antiqua, Orquestra de Câmara da Cidade e Orquestra à Base de Corda.
Confira a programação completa no site: http://www.oficinademusica.org.br/

Anterior CULTURA REVISTA 16/01/2019 - COM O DUO NUZS
Próximo ANTONINA BLUES - EXIBIDO EM 16/01/2019

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *