As histórias do Trio de Ferro nos retornos ao gramado

futebol, Coritiba, Athletico, Paraná

no retorno do brasileirão 2014, Atlético venceu o Flamengo (divulgação)
no retorno do brasileirão 2014, Atlético venceu o Flamengo fora de casa (divulgação)

O nosso futebol já parou outras vezes, como detalhamos aqui. Todos os torcedores estão tendo crises de abstinência. Não dá para trazer o futebol de novo, mas vamos dar um gostinho de retorno nesse texto.

 

Especialmente a partir de 2010, tivemos algumas paradas no futebol brasileiro, a maioria delas por conta das competições internacionais. Mas quais foram os resultados de retorno? As torcidas mais sofriam ou ficavam felizes?

 

2010

Na parada para a Copa do Mundo de 2010, o Paraná estava na Liderança da Série B. Mas acabou perdendo essa condição logo na oitava rodada, no dia 13 de julho, no retorno da segunda divisão.

 

O Tricolor perdeu para o Icasa por 3 a 0, no Romeirão, em Juazeiro do Norte. Na época, mesmo parado, o Paraná estava em crise, com jogadores ameaçando greve por falta de pagamento de salários.

Paraná passou Copa de 2010 na liderança (divulgação)
Paraná passou Copa de 2010 na liderança (divulgação)

Já o Coxa retornou com um empate em 0 a 0 diante do Bragantino, na Arena Joinvile, então casa do Verdão devido à punição do STJD pelos incidentes no Couto Pereira após a queda do Coritiba à segunda divisão.

 

Pela série A, o Atlético acabou perdendo em casa para o Cruzeiro por 2 a 0, gols de Wellington e Robert.

 

2013

Na sétima rodada, o Coritiba tinha 4 pontos. Arrancaria para passar algum tempo na liderança. No dia 6 de julho, retorno do brasileirão na 6ª rodada, o Coxa empatou com o Flamengo, fora de casa, em 2 a 2.

 

O Atlético também empatou, com o Grêmio, na Arena da Baixada. A equipe ainda não estava em sua melhor fase, mas conseguiria uma grande arrancada com a troca de técnico, rodadas depois.

 

O Paraná voltou na 10ª rodada, pela série B, empatando em 2 a 2 com o América-MG, no Independência.

Coritiba, então líder em 2013, empatou com Flamengo fora de casa (divulgação/Lance)

2014

O Coritiba já sabia que teria um caminho difícil pela frente no Brasileirão de 2014. E o retorno após a Copa do Mundo não foi nada animador: Derrota para o então lanterna Figueirense por 2 a 0, gols de Thiago Heleno e Everaldo. Aquele jogo seria o primeiro da passagem apagada de Martinucio com a camisa coxa-branca.

 

Enquanto isso, o Atlético bateu o Flamengo, fora de casa, por 2 a 1. Os gols daquele jogo foram marcados por Douglas Coutinho e Cleberson, para o Furacão, e Samir, para o Flamengo.

 

Pela 11ª rodada da série B, o Paraná foi derrotado pelo América-MG, fora de casa, por 1 a 0.

 

2016

A Série A não parou, mas a segunda divisão teve um pequeno intervalo durante as Olimpíadas Rio-2016. E o retorno paranista desse intervalo não foi bom: Derrota em casa para o Brasil de Pelotas por 2 a 0. A sequência Tricolor também não seria animadora: O Paraná foi apenas o 15º daquela edição.

 

2018

Um dia após o fim da Copa do Mundo, o Atlético já entrou em campo pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, no Mineirão. O Rubro-negro já havia perdido o primeiro jogo por 2 a 1, na Arena da Baixada, ainda sob o comando de Fernando Diniz.

 

Na volta, uma partida sem emoção terminaria empatada em 1 a 1, na estreia de Tiago Nunes como técnico do time principal do Atlético (então sem H). A série B, naquele ano, continuou rolando durante a Copa.

(divulgação/ge.com)
na estreia de Tiago Nunes, Atlético empatou e foi eliminado na Copa do Brasil (divulgação/e.com)

2019

O Coritiba vivia uma crise após a parada para a Copa América, e ela não diminuiria, pelo menos não na primeira semana do retorno aos gramados. O Coxa foi derrotado pelo Criciúma, de virada, por 2 a 1, com direito a gol nos acréscimos.

 

Depois daquilo, porém, o Verdão conseguiu uma boa arrancada, mas viveria seus altos e baixos antes de conseguir o acesso à primeira divisão.

 

Também de virada, o Paraná venceu o Bragantino pelo placar de 2 a 1, gols de Matheus Anjos e Leandro Almeida para o Tricolor. Aquele era o terceiro triunfo consecutivo do Paraná.

(divulgação)

Enquanto isso, o Athletico fazia o primeiro jogo da histórica quarta de final da Copa do Brasil diante do Flamengo, empatando em 1 a 1.