Rodada decisiva decide os quatro semifinalistas da Taça Barcímio Sicupira


Estádio Germano Kruguer recebe Operário x Coritiba - Foto: Dionatan Scrok / Rádio Cultura

A sexta e ultima rodada da Taça Barcímio Sicupira Jr, primeiro turno do Campeonato Paranaense 2019, promete grandes emoções, afinal por mais que mínimas, nove dos doze clubes ainda tem chaces de classificação.

– Confira as chances de classificação de cada equipe.

Reprodução: CATVE.com

O primeiro time que garantiu a classificação as semi finais foi o Cascavel FC que bateu o Foz do Iguaçu na ultima rodada por 2×0 e lidera o grupo B com 11 pontos, já o time da fronteira pensa no segundo turno para evitar um rebaixamento a série B. O Coritiba segundo colocado do grupo com 9 pontos não saiu do 0x0 com o Londrina líder do grupo A com 8 pontos. Segundo colocado do grupo A o Operário empatou com o Rio Branco po 1×1, deixando o leão do litoral com risco de rebaixamento.

 

Athletico e Paraná também empataram por 1×1 o que deixou a situação das duas equipes complicadas na competição, os dois estão na quinta colocação de seus grupos, o furacão no grupo A com 5 pontos e o tricolor no grupo B com 6, o outro empate da quarta rodada foi entre Toledo e Cianorte que ficaram no 0x0, os dois times ocupam a terceira posição do seus grupos com 7 pontos. A outra vitória da rodada foi do Maringá que bateu o Cascavel CR pelo placar de 2×1, resultado que deixou o time do norte vivo na competição na quarta posição do grupo A com 6 pontos e mesmo com a derrota o time do oeste quarto colocado do grupo B ainda tem chances de classificação.

Confira abaixo a classificação da Taça Barcímio Sicupira após cinco rodadas:

Classificação apos 5 rodadas a equipe esportiva da Rádio Cultura traz um panorama para a sexta e ultima rodada:

 

LONDRINA X PARANÁ

Chegamos a última rodada da taça Barcímio Sicupira Júnior, com uma rodada eletrizante, com todos os jogos acontecendo neste domingo (10) e nove clubes disputando três vagas, o tubarão, que na última quinta-feira venceu o Americano-RJ pela Copa do Brasil, recebe em casa justamente seu próximo adversário da Copa do Brasil. Londrina e Paraná, se enfrentam medindo forças e preparando suas equipes para o longo calendário.

Foto: Robson Vilela/Folhapress

A equipe mandante, líder do grupo A, com 11 pontos, conta com uma vitória para garantir a classificação sem depender de ninguém, o time recebe no estádio do Café, seu adversário na Copa do Brasil e também na Série B do Brasileiro.

O Paraná, que durante a semana também venceu pela Copa do Brasil, vai a Londrina precisando vencer e contar com uma série de resultados para avançar, atualmente em 5º do grupo B e com apenas uma vaga, Dado Cavalcanti disse que é possível sim a classificação, para isso o tricolor precisa vencer e tirar a diferença de gols para o rival Coritiba (5 para 3) que consequentemente precisa perder seu jogo e outras duas equipes (Cianorte e CR Cascavel) não podem vencer seus confrontos, com essa combinação de resultados, o Paraná passaria em 2º no seu grupo e enfrentaria o FC Cascavel, em Cascavel.

POR: (Diego Schechtel)

 

ATHLETICO X CIANORTE

A Arena da Baixada recebe um duelo de mata-mata às 17 horas deste domingo (10). Athletico e Cianorte precisam vencer o duelo e ainda torcer por uma combinação de resultados para se garantirem nas semifinais da Taça Barcímio Sicupira. O desafio é a campanha das equipes nessa fase, com o Athletico sem somar pontos dentro do seu estádio e o Cianorte tendo anotado apenas um gol na competição.

O Athletico tem dois desfalques já anunciados para o duelo. O volante Erick foi expulso no clássico contra o Paraná Clube e o meia João Pedro lesionou o tornozelo na partida e ficará fora dos campos por um mês. O técnico Rafael Guanaes deve optar por um esquema com três zagueiros, sacando Reginaldo do time titular e apostando em Alex Nagib para o setor de marcação e tendo como opções os meia-atacantes Anderson Plata e Demethryus para uma das vagas no ataque.

Já o Cianorte busca manter o status de melhor defesa da competição. O goleiro Silvio ainda não foi vazado na competição e por isso o técnico Cristian de Souza deve manter a formação do empate sem gols contra o Toledo, com a única dúvida sendo entre Vandinho e Madalena para compor o ataque com Frontini. Aliás, a equipe saiu de campo quatro vezes com esse resultado na Taça Barcímio Sicupira, estando ainda invicta no torneio.

A matemática da classificação para o Athletico exige que a equipe vença seu jogo e conte com derrotas de Operário e Toledo, além de empate do Maringá, sendo ainda possível a liderança da chave em caso dos resultados citados somado a vitória do Paraná Clube sobre o Londrina Já para o Cianorte a conta é mais simples, com a exigência de triunfo na Arena da Baixada e revés do Coritiba em Ponta Grossa.

POR: Jorge de Souza

 

Foto: globoesporte.com

A Rádio Cultura transmite no AM 930 KHz ATHLETICO x CIANORTE á partir das 16h direto da Arena da Baixada

Narração Valdir Paraná, Comentários Diego Schechtel

Reportagens de Thiago Palmas e Mateus Afonso

 

CASCAVEL CR X TOLEDO

Azul e vermelho serão as cores do Clássico da Soja neste domingo no Oeste do Estado. A tradicional rivalidade entre as cidades de Cascavel e Toledo terá um capítulo entre o Cascavel CR e o Toledo EC, que se enfrentaram pela última rodada da Taça Barcímio Sicupira Jr. Ambos os times chegam ao final desta rodada com chances de classificação para as semifinais. Mas se engana de quem acha que a situação deles é fácil.

Foto: Rodrigo Araújo / MFC

O Cascavel CR está na quarta colocação do grupo B e vive uma situação difícil de avanço à próxima fase. Para se classificar precisa vencer o Toledo e torcer que Coritiba e Cianorte percam seus duelos para Operário e Athletico, respectivamente. Além disso, terá que tirar uma diferença de oito gols de saldo, já que a Serpente tem -2 SG, enquanto o Coritiba aparece com 5 SG. Em relação ao time, podemos dizer que o CCR está de cara nova. Após cinco rodadas, o técnico Lorival Santos foi demitido da função. Para o seu lugar chegou o técnico Alan Aal, que já havia treinado o Cascavel CR no início da pré temporada.

Já o Toledo está em uma situação melhor que a do rival, mas apenas um pouco. O Porco está em terceiro do Grupo A e para se classificar precisa vencer o confronto diante do Cascavel CR e, além disso, torcer que ou Operário ou Londrina tropecem em seus respectivos confrontos diante de Coritiba e Paraná. Ou seja, uma vitória do Toledo e um empate ou derrota do Fantasma ou do Tubarão, garantem o Porco nas semifinais da Taça Barcímio Sicupira Jr.

O confronto entre as duas equipes acontecem no domingo (10), às 17h, no estádio Olímpico, em Cascavel.

POR: João Guilherme

 

 

 

MARINGÁ X FC CASCAVEL

Enfim chegamos a última rodada da taça Barcímio Sicupira Júnior de um campeonato rodeado de empates e poucos gols. Com isso 9 dos 12 times ainda lutam pelas 3 vagas paras as semi finais, único time garantido é justamente o FC cascavel que com 11 pontos é líder do grupo B e não pode ser alcançado pelo Cianorte (terceiro colocado) que tem 7 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Coritiba em caso de derrota para a equipe do Maringá, então o jogo é importante para o Cascavel também que quer manter o bom retrospecto e manter a liderança que lhe dá o direito de jogar a semi final em casa.

MARINGÁ JOGA PELA VITÓRIA NO WD. FOTO: RODRIGO ARAÚJO/MFC.

Para o Maringá o jogo é de vida ou morte, junto da sua torcida o “dogão” precisa da vitória para pensar em seguir a diante na competição, e também de uma combinação de resultados já que ocupa a 4 colocação do grupo A com 6 pontos.
O torcedor maringaense precisa estar atento aos seguintes jogos: Londrina x Paraná (com torcida ao tricolor da capital) / Operário x Coritiba (com torcida ao alviverde) e CCR X Toledo (com torcida aos conterrâneos).
Maringá FC X FC Cascavel acontecerá no Estádio Willie Davids Às 17:00 do domingo dia 10. Lembrando que toda a última rodada será executada no mesmo horário, com o intuito de impedir combinações de resultados.
ARBITRAGEM
Osvaldo Massafera Jr (PR)
Andrey Luiz de Freitas (PR)
Bruno Fernando Aparecido Rohling (PR)

POR: Matheus Afonso

 

 

 

RIO BRANCO X FOZ DO IGUAÇU

Estradinha a casa do rio Branco de Paranaguá / Foto: Milleo/Gazeta do Povo
L

Rio Branco e Foz do Iguaçu se encontram na Estradinha neste domingo na última rodada do primeiro turno do Campeonato Paranaense.
Se para efeito de classificação para as semifinais da Taça Barcímio Sicupira Júnior a partida não vale absolutamente nada, afinal ambas as equipes são lanternas nos seus respectivos grupos, o duelo conta muito para a classificação geral no final dos dois turnos da competição.
Isto porque se o Estadual acabasse agora ambos estariam rebaixados. Os dois times ainda não venceram na competição e buscam seu primeiro triunfo.
Os visitantes vêm cheios de moral. No meio de semana, o azulão da fronteira conseguiu importante vitória contra o Boa Esporte pela Copa do Brasil. Coube a Douglas marcar o primeiro gol da equipe na temporada 2019.
O time agora busca focar na recuperação no Campeonato Paranaense. E terá pela frente um adversário que empatou com o Operário em casa na última rodada. Uma vitória poderá trazer alento a um dos dois clubes que pode começar a Taça Dirceu Kruger em uma melhor situação. Ao menos, com um pouco mais de fôlego para buscar escapar do rebaixamento à Série Prata.
A bola rola no estádio Nelson Medrado Dias a partir das 17 horas.

POR: Cássio Bida.

 

 

OPERÁRIO X CORITIBA

Em jogo decisivo Operário x Coritiba relembram 2015 no Germano Kruguer, a ultima vez que as equipes se enfrentaram na cidade de Ponta Grossa foi na final do Parananense 2015, na ocasião vitória do fantasma por 2×0 que deu tranquilidade para a equipe dos campos gerais conquistar o título em Curitiba.

Os dois chegam a ultima rodada do primeiro turno em situações similares afinal dependem apenas de suas forças para se garantir na semi final, quem perder vai depender de resultados para classificar.

Fotos: José Tramontin/OFEC

Mesmo com algumas opções o técnico Gerson Gusmão deve manter a base do time que empatou com o Rio Branco em Paranaguá Sosa, Serginho Paulista, Robinho e Jean Carlo podem pintar no time. Bruno Batata continua desfalcando o fantasma já está em fase de transição do departamento médico e não será relacionado. O Operário deve ir a campo com  Simão; Danilo Báia, Alisson, Rodrigo (Sosa) e Peixoto; Chicão (Serginho Paulista), Índio, Rafinha (Robinho) e Dione; Lucas Batatinha (Jean Carlo) e Schumacher.

No Coritiba o técnico Argel Fucks já pode contar com os dois reforços contratados na ultima semana, o meia Juan Alano e o atacante Rodrigão já tiveram seus nomes publicados no BID e podem atuar, Argel deve manter a formação da partida com o Londrina a unica mudança é a volta do volante João Vitor que volta após cumprir suspensão, o lateral direito Felipe Mattioni e os atacantes Welinton Junior e Wanderley continuam de fora aprimorando a forma física o Coritiba deve ir a campo com Wilson; Sávio, Sabino, Alan Costa e Fabiano; João Vitor e Vitor Carvalho; Kady, Giovanni e Iago Dias; Igor Jesus (Rodrigão).

Quem apita o jogo é Adriano Milczviski, com Luciano Roggenbaum e Rafael Trombeta nas bandeiras. A bola rola as 17h no Estádio Germano Kruguer em Ponta Grossa.

POR: Dionatan Scrok

Anterior CULTURA REVISTA - 08/02/2019 - COM A DIRETORA TEATRAL MAÍRA LOUR
Próximo CURITIBA DÁ SAMBA - EXIBIDO EM 10/02/2019

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *