Sesi promove discussão sobre música e cultura jamaicana


Ação gratuita conta com participação de Amlak Tafari, da banda inglesa de reggae Steel Pulse


Crédito: Amlak Tafari / divulgação

 

Conhecido como Mr. Reggae Am-bass-a-dor, Amlak Tafari é hoje baixista da mundialmente aclamada Steel Pulse, banda inglesa que promove a paz e a justiça pelo reggae. No dia 6 de novembro, o Núcleo de Música do Sesi traz o artista para o Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França para o Painel de Discussão “De Handsworth a Hollywood”. Uma ação gratuita que coloca em destaque a cultura jamaicana.

A tragetória dos imigrantes jamaicanos para a Inglaterra e a música como experiência cultural. Sobre este assunto é que Amlak Taffari conversará com os participantes do Núcleo de Música na próxima terça-feira (6). De extrema versatilidade como músico, compositor, produtor e arranjador, Amlak ainda expande o seu trabalho em diversas áreas. O artista tem desenvolvido um doutorado em Musicologia e participado da turnê comemorativa “Bob Marley Tour” em parceria com Ziggy Marley, os originais The Wailers, I-Threes, Pato Banton e Jimmy Cliff.

O Núcleo de Música do Sesi é um programa de formação e aprofundamento para artistas iniciantes e não iniciantes que pretendem ampliar seus conhecimentos e desenvolver processos artísticos dentro da linguagem musical em interlocução com agentes e produtores musicais de atuação em âmbito nacional.

O Painel de Discussão do Núcleo de Música acontece a partir das 19h30 com entrada franca e classificação livre. Os ingressos serão distribuídos a partir das 18h30, no Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França (participação está sujeita a lotação do espaço).

NÚCLEO DE MÚSICA DO SESI CULTURA PARANÁ APRESENTA:

Painel de Discussão “De Handsworth a Hollywood” com Amlak Taffari

SERVIÇO:

 

Data: 6 de novembro

Horário: às 19h30

Duração: 1 hora

Valor: gratuito

Classificação: livre

Local: Centro Cultural Sesi Heitor Stockler De França

Endereço: Av. Mal. Floriano Peixoto, 458 – Centro

Observação: participação sujeita a lotação do espaço

Anterior Sem a renovação de verba, indígenas têm o direito à saúde ameaçado
Próximo CLARONE NO CHORO EM VINIL

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *